A madrugada deste sábado (10) foi marcada por mais uma ação policial injustificável em São Paulo. Desta vez, não foi em uma manifestação…

Vídeo: policiais invadem bar e atacam clientes sem justificativa

Vídeo: policiais invadem bar e atacam clientes sem justificativaA madrugada deste sábado (10) foi marcada por mais uma ação policial injustificável em São Paulo. Desta vez, não foi em uma manifestação…


Vídeo: policiais invadem bar e atacam clientes sem justificativa

Foto: Felipe Malavasi/Democratize

A madrugada deste sábado (10) foi marcada por mais uma ação policial injustificável em São Paulo. Desta vez, não foi em uma manifestação: PMs invadiram um bar na Vila Madalena, atiraram spray de pimenta e bombas, além de agredir clientes e até mesmo funcionários do estabelecimento. Pelo menos 4 pessoas foram presas.


Enquanto a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo se tornam alvo do Ministério Público nas manifestações desde a semana passada, por causa da truculência e da violência proporcionada por suas ações, policiais resolveram colocar em prática o uso da força sem justificativa na madrugada deste sábado em São Paulo.

O caso aconteceu no Bar Empanadas, na região da Vila Madalena, às 02 horas.

A candidata do PSOL para a Câmara dos Vereadores, Sâmia Bomfim, esteve no local e retratou o caso. “Os policiais vieram em direção ao bar jogando bombas. Entrou gás dentro do bar, então nós começamos a reclamar de dentro do estabelecimento. Ai começou a bárbarie. Eles abriram a porta do bar descendo o cacete. Bomba e spray de pimenta”.

Segundo relatos, pelo menos 4 pessoas foram detidas e encaminhadas para o 14DP por “desacato”.

Segundo informações que recebemos, a Polícia Militar realizava uma operação no começo da madrugada para dispersar um “pancadão” que acontecia nas proximidades do estabelecimento. A partir dai, os clientes e funcionários começaram a reclamar da ação policial.

No último domingo (4), policiais já haviam cometido uma ação similar após a manifestação contra o presidente Michel Temer, que reuniu mais de 100 mil pessoas e terminou em repressão policial. Em um bar na região, clientes gritavam “não vai ter selfie” para uma viatura que passava próxima ao bar. Foram surpreendidos quando agentes resolveram disparar spray de pimenta dentro do estabelecimento, onde havia crianças e idosos.

Veja o vídeo da ação nesta madrugada:

By Democratize on September 10, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: