Apenas 6 dias após o ataque terrorista na cidade de Nice, na França, a aviação francesa matou pelo menos 120 civis durante bombardeios na S…

Seis dias após ataque terrorista em Nice, aviação francesa mata 120 civis na Síria

Seis dias após ataque terrorista em Nice, aviação francesa mata 120 civis na SíriaApenas 6 dias após o ataque terrorista na cidade de Nice, na França, a aviação francesa matou pelo menos 120 civis durante bombardeios na S…


Seis dias após ataque terrorista em Nice, aviação francesa mata 120 civis na Síria

Foto: Ottavia Massimo

Apenas 6 dias após o ataque terrorista na cidade de Nice, na França, a aviação francesa matou pelo menos 120 civis durante bombardeios na Síria. Governo do país atingido pediu à ONU que condene os ataques aéreos, na província de Alepo.


O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Síria revelou que aviões franceses bombardearam a localidade de Tukhan al-Kubra, nos arredores da cidade de Manbij, matando pelo menos 120 civis. Muitos outros continuam debaixo dos escombros de suas casas. O ataque ocorreu no dia 20 deste mês.

Ambas as localidades ficam na província de Alepo, no Norte da Síria, a menos de 30km da fronteira com a Turquia, numa zona onde a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos leva a cabo ataques, alegadamente contra membros do Estado Islâmico.

O ataque da aviação francesa ocorre um dia depois de a aviação norte-americana ter bombardeado Manbij, provocando a morte a 20 civis, denuncia o Ministério numa missão enviada às Nações Unidas, na qual se pede ao Conselho de Segurança que condene estas mortes, noticiam a PressTV e a Prensa Latina.

A Síria considera ilegais estes ataques, sublinhando que “quem quiser combater os terroristas terá de se coordenar com o governo sírio”, lê-se na carta.

“O governo da República Árabe da Síria solicita a condenação deste massacre cometido pela França e exige ao Conselho de Segurança que cumpra com o seu dever de manter a paz e a segurança internacionais, através da adoção de medidas punitivas contra os estados e regimes que apoiam e financiam o terrorismo”, diz o documento.

“Apesar dos massacres, dos crimes e da destruição — destaca a missão–, o governo da Síria continuará a cumprir o seu dever na luta contra o terrorismo, e trabalha para encontrar uma solução política para a crise através de um diálogo entre sírios, sem ingerências estrangeiras”.

Ataque em Munique, nesta sexta-feira (22) | Foto: Getty

O ataque da aviação francesa ocorre apenas 6 dias depois do atentado terrorista em Nice, na França, que deixou mais de 80 mortos.

Não por acaso, nesta sexta-feira (22), mais um atentado possivelmente idealizado por membros ou seguidores do Estado Islâmico, ocorreu novamente — desta vez em Munique, na Alemanha, deixando pelo menos 10 mortos até o momento.

Seguindo a tendência, mais ataques devem ocorrer contra cidades na Síria nas próximas semanas, partindo de forças lideradas pelos Estados Unidos, em resposta ao avanço terrorista em países do Ocidente.

By Democratize on July 23, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: