Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Fotos Públicas

Protestos contra Michel Temer voltam a ocupar as ruas neste fim de semana

Protestos contra Michel Temer voltam a ocupar as ruas neste fim de semanaPelo menos duas manifestações estão marcadas para acontecer em São Paulo contra o presidente Michel Temer (PMDB) neste fim de semana, nesta…


Protestos contra Michel Temer voltam a ocupar as ruas neste fim de semana

Foto: Felipe Malavasi/Democratize

Pelo menos duas manifestações estão marcadas para acontecer em São Paulo contra o presidente Michel Temer (PMDB) neste fim de semana, nesta sexta-feira (16) e no domingo (18). Medidas impopulares em torno da Reforma Trabalhista e da Previdência devem acirrar a mobilização nos próximos dias.


As manifestações contra o presidente Michel Temer continuam, mesmo após seu provável auge ter passado.

Nesta sexta-feira (16), o ato acontecerá no vão livre do Masp, sendo convocado por movimentos autônomos e independentes. A concentração começa às 17 horas.

Já no domingo será a vez de mais um protesto articulado pela Frente Povo Sem Medo, também no Masp, a partir das 14 horas.

Até o momento, as manifestações contra Temer tiveram seu auge na semana entre o fim de agosto e começo de setembro, quando o Senado Federal afastou definitivamente a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Naquela semana, protestos ocuparam as ruas de São Paulo durante cinco dias seguidos, causando confrontos e casos de violência policial.

Foto: Gustavo Oliveira/Democratize

De lá pra cá, pelo menos mais três grandes protestos ocorreram contra Temer em São Paulo: no domingo (4), com mais de 100 mil pessoas; no feriado do 7 de setembro, com 20 mil pessoas; e no último domingo (11), com pelo menos 60 mil pessoas segundo a Frente Povo Sem Medo.

Para os organizadores, o objetivo é manter as manifestações para não perder o fôlego.

Além dos atos, centrais sindicais marcaram uma paralisação geral contra Michel Temer e contra a Reforma Trabalhista para o dia 22, próxima quinta-feira.

As reformas que devem ser apresentadas por Michel Temer após as eleições deste ano podem se tornar o motim para uma nova onda de protestos ao redor do país, como aconteceram na semana durante o impeachment.

By Democratize on September 16, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: