O Brasil vive hoje o dilema: de qual lado ficar? A pergunta varia em diferentes pautas: partidos políticos, questões religiosas, sexuais e…

O Brasil merece uma terceira via ao jornalismo

O Brasil merece uma terceira via ao jornalismoO Brasil vive hoje o dilema: de qual lado ficar? A pergunta varia em diferentes pautas: partidos políticos, questões religiosas, sexuais e…


O Brasil merece uma terceira via ao jornalismo

O Brasil vive hoje o dilema: de qual lado ficar? A pergunta varia em diferentes pautas: partidos políticos, questões religiosas, sexuais e sociais. Não seria diferente em relação ao jornalismo. Vivemos um tempo onde a grande mídia não esconde o seu lado — do capital, da manipulação e do lucro. Por outro lado, o que vemos como alternativa ao grande monopólio midiático, já não parece mais tão certo. Enquanto uns torcem pelo lucro, outros vestem a camisa de um partido político que já não representa mais as necessidades do povo brasileiro. E ai nasce o problema: a informação não deveria ser pautada por interesses, e sim pela verdade e honestidade. O Brasil e os brasileiros merecem uma terceira via ao jornalismo.

E pensando assim, nasce o Democratize. Uma rede de comunicação independente que tem como objetivo disputar e acirrar o debate sobre a democratização dos veículos de comunicação, levantando a bandeira de uma terceira via ao jornalismo que existe hoje.

É preciso tratar com honestidade e transparência a informação, deixando de lado a preocupação pelo lucro e os interesses políticos por trás de cada notícia. Para isso acontecer, é também preciso democratizar o poder de alcance dessa terceira via, tornando possível que tanto o trabalhador da periferia de São Paulo como o estudante do Centro consigam acessar, debater e questionar a informação como algo natural e libertário.

Apesar de não existir tal coisa como imparcialidade no jornalismo, houve um tempo onde pelo menos a integridade da informação deveria ser protegida, blindada de interesses e de ambições financeiras. O jornalismo não pode ser pautado por distorções e boatos, e sim pela informação nua e crua, para que então o cidadão possa articular a sua própria opinião baseada naquilo que viu, leu ou ouviu.

Ato pelo impeachment na Paulista | Foto: Wesley Passos / Democratize

E quem é o Democratize?

O Democratize é uma rede de pessoas interessadas pela comunicação social como algo que tem a capacidade de se inovar e reinventar todos os dias. Ou seja, não existe um padrão, ou um método específico que deva se estabelecer. Os tempos mudam, e nada mais justo que a informação também mude.

Formado inicialmente em São Paulo, o Democratize já conta com quase 20 “redatores-chefe”. Todo colaborador assume para si a responsabilidade de produzir conteúdo e ser o seu próprio patrão. Dispensando a hierarquia, o jornalismo consegue ser mais plural, democrático e real.

Para os próximos três meses, pretendemos apresentar ao Brasil como é possível construir e elaborar reportagens de forma horizontal e sem objetivo pelo lucro ou pela aprovação de partido X ou Y.

O primeiro passo foi dado: no dia 16 de agosto, o Democratize realizou a sua primeira grande reportagem, com duas equipes posicionadas em diferentes lugares da Grande são Paulo, abordando temas que apesar de nada parecidos, afetavam diretamente a vida de ambos que estavam presentes — seja na Avenida Paulista exigindo o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ou na periferia de Osasco clamando justiça por conta da chacina ocorrida na semana passada.

Ato contra a chacina em Osasco | Foto: Reinaldo Meneguim / Democratize

E você pode fazer parte disso. A próxima reunião do Democratize será no dia 29 de agosto, no sábado, às 14 horas. O jornalismo livre começa a partir do momento em que arrancamos as algemas dos interesses políticos e partidários, e a ambição do lucro em troca do que é de direito de todo cidadão — a informação.

Vamos começar a construir uma terceira via ao jornalismo, juntos?


Assinam o Democratize:

Francisco Toledo
Gabriel Lindenbach
Wesley Passos
Sarah Ferreira
Reinaldo Meneguim
Fernando DK
Thais Helena Ribeiro
Cae Oliveira
Gabriel Soares

By Democratize on August 20, 2015.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: