Na tarde de ontem (12) no bairro do Méier (subúrbio carioca) um protesto organizado pelos estudantes secundaristas independentes contra as…

No Rio Olímpico, protestar é crime: 59 estudantes presos após ato contra evento

No Rio Olímpico, protestar é crime: 59 estudantes presos após ato contra eventoNa tarde de ontem (12) no bairro do Méier (subúrbio carioca) um protesto organizado pelos estudantes secundaristas independentes contra as…


No Rio Olímpico, protestar é crime: 59 estudantes presos após ato contra evento

Foto: Wagner Maia/Democratize

Na tarde de ontem (12) no bairro do Méier (subúrbio carioca) um protesto organizado pelos estudantes secundaristas independentes contra as Olimpíadas, foi fortemente reprimido pela polícia que usou bombas de gás para dispersar o ato. No final do protesto 59 manifestantes foram detidos e encaminhados para a cidade da polícia.


Por Bárbara Dias

O ato se concentrou na Praça Agripino Grieco e saiu pelas ruas do Méier rumo ao Engenhão (estádio Olímpico), no entanto, ao se aproximar das imediações do perímetro de segurança, o ato foi bloqueado, impedido de prosseguir e fortemente reprimido por bombas lançadas pela polícia, houve reação e alguns estudantes jogaram pedras, a maioria dispersou pelas ruas do bairro.

Os estudantes conseguiram reagrupar e seguiram novamente o ato, onde pela segunda vez sofreram com repressão da polícia, dessa vez, ainda mais intensa, eles foram perseguidos, encurralados e presos ao se abrigarem em um estacionamento e numa vila residencial, fugindo da intensa nuvem de gás lacrimogêneo lançados pelos Policiais Militares .

Foto: Bárbara Dias/Democratize

Sob as ordens da polícia sentaram no chão e foram revistados, a maioria eram menores de idade, o que não impediu que fossem levados para a Cidade Da Polícia, sob acusação de invasão de propriedade particular de domicílio (o estacionamento e vila onde se abrigaram). Segundo relatos dos estudantes, os proprietários dos imóveis, chegaram a ajudá-los dando-lhes água para lavarem o rosto contra os efeitos do gás, e os mesmos não levaram adiante a queixa.

Advogados ativistas foram acionados e encaminharam-se para a Cidade da Polícia, os estudantes foram colocados em um ônibus de transporte urbano e seguiram também para o local. Temos relatos de que um estudante passou mal e que muitos foram ameaçados pelos policiais que chegaram a dizer que dariam “tapa na cara” dos jovens. Muitos sofreram revistas vexatórias , ou seja, sofreram dezenas de violações de direitos.

Foto: Bárbara Dias/DemocratizeFotos: Wagner Maia/Democratize

Um dos manifestantes presos nos informou que eles foram enquadrados por estarem realizando “manifestação com armas a menos de 5 km de um local onde seria realizado um evento esportivo e que vão responder judicialmente pelo artigo 41”, por formação de “torcida organizada”.

Pesquisamos essa informação e os jovens foram enquadrados no Estatuto de Defesa do Torcedor, Lei nº 10.671, (15/05/2003), no entanto, essa Lei é aplicada em casos de torcidas e não de manifestações, obviamente a polícia usou arbitrariamente o fato deles estarem próximos ao estádio, para incriminar os jovens.

O art. 41-B da Lei nº 10.671 , indica que “promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos”, e no parágrafo 1 que “promover tumulto, praticar ou incitar a violência num raio de 5.000 (cinco mil) metros ao redor do local de realização do evento esportivo, ou durante o trajeto de ida e volta do local da realização do evento” é crime e tem como pena a reclusão de 1 (um) a 2 (dois) anos e multa.

Foto: Bárbara Dias/Democratize

É isso mesmo, os estudantes detidos serão processados por um crime que não cometeram. No Rio Olimpico é assim, protestar não é crime, mas mesmo assim eles farão de tudo para que seja, até mesmo mentir alegando que uma manifestação contrária as Olimpíadas era crime de tumulto realizado por uma torcida organizada.


Bárbara Dias é professora da rede pública de ensino e fotojornalista pela Agência Democratize no Rio de Janeiro

By Democratize on August 13, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: