No mesmo dia em que uma conversa do ministro Romero Jucá articulando “brecar a Lava Jato” foi divulgada, manifestantes organizaram…

Escândalo envolvendo Romero Jucá vira motivo de protestos

Escândalo envolvendo Romero Jucá vira motivo de protestosNo mesmo dia em que uma conversa do ministro Romero Jucá articulando “brecar a Lava Jato” foi divulgada, manifestantes organizaram…


Escândalo envolvendo Romero Jucá vira motivo de protestos

Foto: Fernando DK/Democratize

No mesmo dia em que uma conversa do ministro Romero Jucá articulando “brecar a Lava Jato” foi divulgada, manifestantes organizaram passeatas exigindo a saída do presidente interino Michel Temer: “Não falei que era golpe?”.


Não demorou nem 24 horas depois da reportagem do jornal Folha de S. Paulo ser publicada, denunciando a conversa entre o ministro do Planejamento Romero Jucá e de Sérgio Machado, para manifestantes organizarem protestos em São Paulo e no Rio de Janeiro exigindo a saída do presidente interino Michel Temer.

Tudo isso por conta do teor das gravações, que colocam em debate a legitimidade do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Nas conversas, Machado e Jucá falam sobre o temor da operação Lava Jato continuar sem nenhum controle por parte do governo e de classe política, admitindo que a única chance de “brecar” a operação seria com o impeachment de Dilma.

Ambos falaram sobre a criação de um “pacto nacional”, entre os governos e até mesmo o Supremo Tribunal Federal, para conseguir “estancar a sangria”.

Sobrou até mesmo para o senador Aécio Neves (PSDB), que é citado nas gravações.

Foto: Fernando DK/Democratize

Em São Paulo, manifestantes organizaram um “ato relâmpago” na Avenida Paulista.

A forma como a Rede Globo fez a cobertura das gravações foi duramente criticada por quem fazia parte do protesto, por conta da diferença de tratamento entre o vazamento envolvendo Romero Jucá e um anterior onde uma conversa entre Lula e Dilma Rousseff acabou sendo divulgada.

A Globo News, canal de notícias da rede de televisão via cabo, noticiou o fato durante toda a tarde desta segunda-feira (23), mas “relativizando” a gravidade das conversas e sempre buscando “ouvir o lado do ministro”. Além disso o papel de Michel Temer na “busca pela estabilidade do governo” também foi destacado pelos jornalistas da emissora.

Mais manifestações são esperadas para os próximos dias, como em Porto Alegre na noite desta terça-feira (24) e em Brasília, no final da tarde da quarta-feira (25).

By Democratize on May 24, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: