“Eu fui tão bem no boxe que eles tiveram que criar um personagem como o Rocky, um branco nos filmes, para contrariar a minha imagem no…

As 10 frases mais impactantes de Muhammad Ali sobre religião e racismo

As 10 frases mais impactantes de Muhammad Ali sobre religião e racismo“Eu fui tão bem no boxe que eles tiveram que criar um personagem como o Rocky, um branco nos filmes, para contrariar a minha imagem no…


As 10 frases mais impactantes de Muhammad Ali sobre religião e racismo

O então jovem Muhammad, ao lado de seu amigo e ativista negro, Malcolm X | Bob Gomel/The LIFE Images Collection/Getty

“Eu fui tão bem no boxe que eles tiveram que criar um personagem como o Rocky, um branco nos filmes, para contrariar a minha imagem no ringue. A América precisa ter tudo em branco, não importa onde for. Jesus, Mulher Maravilha, Tarzan e Rocky”.


O mundo perdeu na noite desta sexta-feira (03) o ícone do boxe Muhammad Ali. Grande pelo seu tamanho, e principalmente pela sua obra — que nem sempre se limitou dentro dos ringues.

E por exatamente isso passou toda a vida sendo perseguido pelo seu suposto “radicalismo político e religioso”, ao se apoiar em ícones da luta negra como o ativista Malcolm X.

Separamos as 10 frases mais incríveis do eterno boxeador sobre religião e racismo.

“O boxe é um monte de homens brancos observando dois homens negros batendo um no outro”.

“Odiar as pessoas por causa de sua cor de pele é errado. E não importa qual a cor que faz o ódio. É simplesmente errado”.

Foto: Bettmann/Corbis

“O nome Muhammad é o mais comum no mundo. Ao redor de todos os países — Paquistão, Arábia Saudita, Marrocos, Turquia, Síria, Líbano — há mais Muhammad’s que qualquer outra coisa. Quando entrei para a Nação do Islã e me tornei muçulmano, eles me deram o nome mais famoso porque eu era o campeão”.

“O principal foco da Nação do Islã é ensinar o orgulho negro e a auto-consciência. Por que devemos continuar a tentar entrar nos restaurantes e nas escolas das pessoas brancas, se eles não nos querem lá? Por que não arrumar nossos próprios bairros e escolas, ao invés de tentar se mudar para lugares onde vivem as pessoas brancas?”

“Por que eles me pedem para vestir um uniforme e viajar 10 mil milhas de bombas de casa, atirando em pessoas no Vietnã, enquanto os negros em Louisville são tratados como cães, sem o mínimo de direitos humanos? Não, eu não vou 10 mil milhas de casa para ajudar a assassinar e queimar outra nação pobre para continuar a dominação dos senhores de escravos. Este é o dia em que esses males devem chegar a um fim. O verdadeiro inimigo do meu povo está aqui. Eu não vou desonrar minha religião, meu povo ou a mim mesmo, tornando-se uma ferramenta para escravizar aqueles que estão lutando por sua própria justiça, liberdade e igualdade.” — Discurso do boxeador na Corte, no dia 20 de julho de 1967

“Eu só estou esperando que as pessoas compreendam que o Islã é paz e não violência”.

Foto: James Drake/Time & Life Pictures/Getty Image

“Eu sei que alcancei meus objetivos enquanto a massa de pessoas negras estão presas no inferno. Mas enquanto elas não continuarem livres, eu não serei livre”.

“Eu sou a América. Eu sou a parte que você não vai reconhecer. Mas se acostume comigo. Preto, confiante, arrogante; meu nome, não o seu; minha religião, não a sua; meus objetivos, meu proprio; se acostume comigo”.

“Rios, lagoas e riachos —eles possuem nomes diferentes, mas existe água nos três. Assim como as religiões fazem — em todas existem verdades”.

By Democratize on June 5, 2016.

Exported from Medium on September 23, 2016.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: