Foto: Reprodução/Google

Após vitória de Trump, americanos bombam pesquisas sobre Canadá no Google

Após a vitória do republicano Donald Trump na madrugada desta quarta-feira (9), o sistema de pesquisas do Google bombou no território norte-americano, com pesquisas como “move to Canada” (se mudar para o Canadá). O site oficial de imigração do governo canadense chegou a cair após vários acessos.

O resultado da eleição presidencial nos Estados Unidos ainda é uma surpresa para muita gente. Porém, para os norte-americanos, a surpresa vai além.

O republicano Donald Trump superou na madrugada desta quarta-feira (9) sua rival democrata, Hillary Clinton, se elegendo o novo presidente dos Estados Unidos. A chave da sua vitória esteve na conquista de estados essenciais como a Flórida e Ohio.

Não por acaso, o vizinho Canadá parece ter se tornado uma rota de fuga para os norte-americanos. Pelo menos na Internet – até agora.

Através de uma pesquisa no Google Trends, foi possível ver um enorme crescimento do termo de pesquisa “move to Canada” nesta madrugada. Nas consultas relacionadas, é possível verificar o motivo de tanta preocupação: “Election Results”; Who’s winning the election”; “Poll results”; “Stock Market”; entre outros. Ou seja: todos relacionados com o resultado das eleições presidenciais nos Estados Unidos.

O mesmo vale para a palavra chave “Canadá” no Google. Às 23 horas de terça (8), quando o resultado ainda estava apertado, o Google somou uma média de 10 pesquisas pelo nome do país vizinho por minuto em solo norte-americano. Horas depois, às 03 horas (horário de Brasília), a média foi de 100 pesquisas por minuto. Isso pouco antes do anuncio da vitória do republicano.

Foto: Reprodução/Google
Foto: Reprodução/Google

Quando pesquisado as “Consultas Relacionadas”, encontramos termos como: “Canada Immigration Website”; “Canada Immigration”; “How to immigrate to Canada” e “Jobs in Canada”.

Não por acaso, o site oficial de imigração do governo canadense acabou saindo do ar após uma série de acessos na Internet durante a madrugada desta quarta-feira.

O Canadá é hoje governado pelo primeiro-ministro Justin Trudeau, liberal de esquerda que tem aplicado medidas políticas e sociais progressistas, em defesa da imigração de muçulmanos e da diversidade sexual.

Foto: Reprodução/Google
Foto: Reprodução/Google

O republicano Donald Trump se elegeu através de uma plataforma considerada por muitos como perigosa. O mega-empresário defendeu a construção de um muro separando os Estados Unidos do México, para controlar a entrada de imigrantes ilegais no país. Além disso, Trump se demonstrou favorável a reformular pactos envolvendo a proteção do meio ambiente, questões envolvendo minorias, e principalmente a polêmica questão do porte de armas nos Estados Unidos.

Semanas antes das eleições, Trump virou assunto ao redor do mundo após o vazamento de um áudio onde o empresário fala como poderia ter relações sexuais com qualquer mulher por causa da sua condição financeira.

Porém, isso não foi o suficiente para bancar uma eventual vitória da democrata Hillary Clinton, rejeitada pela polêmica dos emails, e principalmente por sua atuação no governo de Barack Obama, quando foi Secretária de Estado, sendo uma das responsáveis por crimes de guerra em países como Líbia.

Posts Relacionados

On Top
error: Para reproduzir o conteúdo do Democratize, entre em contato pelo formulário.
%d blogueiros gostam disto: